VEJA O QUE ROLA POR AQUI!

Nossos destaques:

VEJA O QUE ROLA POR AQUI! VEJA O QUE ROLA POR AQUI!

O amor cristão nos EUA expulsa jovens de casa por serem gays

Cacciati dai genitori migliaia di gay diventano homeless

O amor cristão nos EUA expulsa jovens de casa por serem gays O amor cristão nos EUA expulsa jovens de casa por serem gays

Ser um homem feminino

Salve, salve a alegria, A pureza e a fantasia […]

Ser um homem feminino Ser um homem feminino

DAR A BUNDA

Se dar a bunda... Já era!

Se dar a bunda...Já era! Se dar a bunda...Já era!

Ainda falando sobre promiscuidade

Ainda falando sobre promiscuidade Ainda falando sobre promiscuidade

A culpa é da promiscuidade: um erro conceitual

os gays são promíscuos e quem não ?

 A culpa é da promiscuidade: um erro conceitual
 A culpa é da promiscuidade: um erro conceitual

Carpe Anum // Carpe Culum

Carpe o quê?

Carpe Anum // Carpe Culum Carpe Anum // Carpe Culum

Sessão Pipoca: The Trip

FILME

Sessão Pipoca: The Trip Sessão Pipoca: The Trip

Justiça de BH autoriza casamento homossexual

Carlos Eduardo e Jorge irão formalizar união em abril próximo...

Justiça de BH autoriza casamento homossexual Justiça de BH autoriza casamento homossexual

A culpa é dos gays?

Site atribui responsabilidade aos gays por mulheres estarem solteiras em Campo Grande...

A culpa é dos gays? A culpa é dos gays?

Querem desprestigiar os gays!

O Vaticano lançou uma crítica sobre a matéria publicada nos meios de comunicação...

Querem desprestigiar os gays! Querem desprestigiar os gays!

Uma defesa para Silas Malafáia.

mas não há outra coisa a se fazer aqui, nesse momento, depois de ler em alguns blogs evangélicos

Uma defesa para Silas Malafáia. Uma defesa para Silas Malafáia.

Sessão Pipoca: Mambo Italiano

FILME

Sessão Pipoca: Mambo Italiano Sessão Pipoca: Mambo Italiano

Banho Turco/ Hamam -- Il Bagno Turco- Sessão Pipoca

Esse filme eu descobri por conta do meu professor de italiano, que constantemente...

Banho Turco/ Hamam -- Il Bagno Turco- Sessão Pipoca Banho Turco/ Hamam -- Il Bagno Turco- Sessão Pipoca

terça-feira, setembro 29, 2009

Malásia e a homossexualidade

Malásia proíbe filme "Bruno" por homossexualidade do protagonista

Kuala Lumpur, 29 set (EFE).- Malásia proibiu a estreia no país de "Bruno", última filme do polêmico comediante britânico Sacha Baron Cohen, autor de "Borat", por seu "conteúdo ofensivo, brincadeiras racistas e protagonista abertamente homossexual".

Assim o confirmou o Departamento de Censura, que informou da decisão ao distribuidor da comédia, que dispõe de um mês para apelar a decisão.

Em julho passado, Ucrânia tomou a mesma medida sem entrar em detalhes sobre seus razões para vetar o filme, na qual Cohen interpreta a um repórter gay austríaco.

As relações sexuais entre pessoas do mesmo sexo são castigadas com penas de até 20 anos de prisão e castigo corporal na Malásia, onde esta ação está tipificada no código penal como um crime "contra natureza".

Há um mês, a censura do país também proibiu a projeção do filme de terror "Halloween II" por sua excessiva violência.

Em seu filme anterior, o muito polêmico "Borat", o repórter intrépido cazaque que encarnava Cohen se burlou do Cazaquistão e Estados Unidos, países que também retiraram o filme de suas salas de cinema.

Cerca do 60 % da população da Malásia professa um Islã tolerante em suas mensagens mas muito conservador nos costumes, e as autoridades vigiam com zelo qualquer atitude que vá contra a estrita ordem moral estabelecido.
Fonte: UOL

quinta-feira, setembro 24, 2009

Homens trans invadem Associação da Parada Gay



Ele é ator pornô, e dos bons. Já foi até premiado com o Troféu AVN, o Oscar do segmento. Careca, de voz grossa, músculos definidos, piercing, tattoos e um bigode respeitável, Buck Angel é extremamente másculo e encarna o biótipo “daddy”, que faz a cabeça de muitos gays.


Mas Buck não é um homem como os outros. Até os 20 e poucos anos, ele era modelo, tinha seios, vagina e era considerado uma mulher bonita – e, na verdade, vagina, ele ainda tem! Buck Angel é um homem trans.


O Espaço Entre Homens, da Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo discute, NO PRÓXIMO DIA 01/10 (quinta-feira), o tema:

HOMENS TRANS: o masculino no corpo de mulher


A existência dos homens trans, ou transexuais FTM (do inglês “female to male”), ganhou a grande imprensa quando, em 2007, Thomas Beatie, então com 34 anos, resolveu engravidar no lugar de sua esposa, Nancy, que não podia ter filhos por ter necessitado se submeter à retirada do útero.

Beatie havia nascido com o sexo biológico feminino, mas se tornara fisicamente homem havia cerca de dez anos. Para engravidar, recorreu à inseminação artificial e suspendeu o tratamento hormonal com testosterona. Este ano, o casal teve seu segundo filho, também por meio de uma gravidez de Beatie.

De maneira similar a Buck Angel, Beatie retirou os seios, mas manteve todos os órgãos reprodutivos. Outro exemplo de homem com vagina é o fotógrafo Loren Cameron. Isso, por si só, já põe em xeque a definição de transexual no senso comum: aquele, ou aquela, que realiza ou sente necessidade de realizar mudanças em seus genitais.

Esse, porém, é só o “primeiro mistério” que cerca os homens trans. Menos famosos e menos comentados que as mulheres trans, ou transexuais MTF ("male to female"), ainda pairam muitas dúvidas sobre eles.


- Como eles se sentem?

- Como se descobrem?

- Como vivem a transexualidade?

- Que anseios possuem?

- Como se dá a transformação?


Por isso, o Entre Homens, que é um espaço para todos os homens, de todos os sexos, cores, tipos e orientações sexuais, abrirá um canal por meio do qual eles possam se expressar.

Com a participação especial de um grupo de homens trans, venha conhecer mais sobre os Thomas, Bucks e Lorens que temos no Brasil e em nossa cidade! Contamos com sua presença.


Quando?
01/10/2009, quinta-feira, às 19h


Onde?
Praça da República, 386 - Sala 22 - Centro

01045-000 - São Paulo, SP
Tel.: (11) 3362-8266


Quem?
Homens trans, mulheres trans, homens biológicos, gays, héteros, bis, lésbicas, travestis, mulheres biológicas, crossdressers e todos que queiram saber mais sobre nossa diversidade sexual e identidade de gênero! A entrada é franca, para qualquer pessoa, e com direito a comes e bebes.


Informações complementares
pensamentoslazarentos.wordpress.com/2008/03/12/two-holes-are-better-than-one/
ou
transhomembrasil.blogspot.com/2008/05/entrevista-grfica-voc-decide-se.html?zx=20a29fb98c3859c7
Entrevista de João Marinho com Buck Angel.


Sobre o Entre Homens

Gerenciado por Murilo Sarno, o Espaço Entre Homens é uma iniciativa da Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo que visa a refletir com o público gay, numa roda de conversa livre e espontânea, temas relacionados ao universo gay masculino.


Contato para a imprensa:
João Marinho - MTB 42048/SP
Tels.: +55 9775-8893, 3217-2640
jm@joaomarinho.jor.br


Créditos das imagens: Reprodução/Divulgação: Arquivo pessoal/Eroszine.com


sábado, setembro 19, 2009

Meu amigo gay...

Vladimir Maluf

Você é daquele tipo de homem que passa a evitar encontrar um amigo depois que descobre que ele é homossexual, é melhor começar a pensar melhor nas suas atitudes. A discriminação, além de trazer complicações com a justiça e ser um símbolo de ignorância, dificulta as suas relações, fazendo você perder boas amizades e, ainda por cima, queima o filme com as mulheres...

É isso mesmo que você leu! “Eu adoro quando um homem que eu estou interessada trata bem meus amigos gays. Mostra que é bem resolvido, inteligente e tem tudo a ver comigo”, diz a gestora de vendas Ana Lima, de 28 anos. “Destratar homossexuais é um comportamento tão repugnante quanto o preconceito racial.”

Miro Santana, empresário de 32 anos, conta que passou a ter amigos gays por causa da namorada. “Eu cheguei a ficar com o pé atrás, mas depois percebi que era besteira. Se um cara é gay não significa que ele quer agarrar todo homem que aparecer na frente dele. Os caras são engraçados, respeitadores e é bem melhor saber que minha namorada está com eles do que com um concorrente”, brinca.

O empresário foi muitas vezes a boates GLS com a namorada e os amigos dela. “Já fui paquerado por um homem. Fiquei constrangido, mas ele entendeu na hora quando disse que era hetero e estava com a minha namorada. Aliás, todos respeitam. Acredito que ficam felizes de ver que não há preconceito e fazem questão de tratar bem”, diz. “Numa balada gay não tem brigas, como em outras casas noturnas, a música é muito melhor e até os funcionários são mais educados.”

Jorge também concorda que é ultrapassado ter preconceitos. “O que as pessoas fazem entre quatro paredes não interessa a ninguém”, defende Jorge Garbin, biólogo de 31 anos. “Não tem nem o que dizer... A convivência é normal, como com qualquer outra pessoa. A sexualidade não faz diferença... O que é importante para fazer parte do meu grupo de amigos é ter caráter.”

Na opinião de Carlos Eduardo Pereira, empresário de 38 anos, o homem que não se sente bem ao lado de um gay é porque está inseguro com sua sexualidade. “Para mim, esse repulsa é um mecanismo de defesa de um homem que tem medo de se sentir atraído. Eu sei do que eu gosto, por isso, ajo naturalmente... Um cara como esse deveria repensar se não está, no fundo, com receito de sair do armário”, diz.

Carlos Eduardo diz que, além dos heterossexuais, ele tem amigos e amigas gays, e sua mulher também... “Nossa turma é bem mista e todo mundo é bem resolvido. Aliás, eu nem lembro que meus amigos são ou não são homossexuais... São, simplesmente, meus amigos e ponto final.”
Fonte: Portal IG

sábado, setembro 12, 2009

Direito de discriminar?

Arquivada ação de entidade evangélica contra lei que proíbe discriminação a homossexuais

O ministro Eros Grau, do Supremo Tribunal Federal (STF), arquivou nesta quinta-feira (10) a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4294, ajuizada pelo Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (Cimeb) contra a Lei paulista 10.948/01, que penaliza administrativamente quem discriminar alguém pela orientação sexual.

O ministro apresentou dois motivos para arquivar o processo. Primeiro, a falta de representatividade nacional da entidade. Segundo ele, o Cimeb apresenta-se formalmente como entidade de classe de âmbito nacional, um requisito para ajuizar ação direta de inconstitucionalidade. Mas, como explica Eros Grau, essa “simples referência não é suficiente para legitimá-lo [o Cimeb] à propositura de ação direta, nos termos artigo 103, inciso IX, da Constituição do Brasil”, é necessário que esse âmbito de atuação se configure, de modo inequívoco.

O outro argumento do ministro é quanto à falta de pertinência entre a norma questionada e a finalidade do Conselho. “A jurisprudência do STF é no sentido de que incumbe à associação de classe de âmbito nacional demonstrar a pertinência temática entre seu objetivo social e a norma que pretende ver declarada inconstitucional, requisito ausente na presente ação”, concluiu Eros Grau.

O Cimeb questionou a lei sob o argumento de que ela trata de tema a respeito do qual somente a União pode legislar. Assim, seria inconstitucional uma lei sobre o assunto, editada em âmbito estadual.

RR/IC


Fonte: www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=113135

Sempre me questionei de onde vem a sanha dos evangélicos de continuar pisando em cima de um grupo já tão carente de direitos e vítima de preconceito. Com o crescimento cada vez mais preocupante do islã, com as vidas de tantos católicos a serem "salvas" (eles consideram a igreja católica apóstata), fomes, guerras, vítimas de tornados, por que, meu Deus, por que se preocupar em estigmatizar ainda mais um grupo já estigmatizando e tentar mantê-lo eternamente como cidadão de última classe? Existe lógica, ainda mais a do amor que eles dizem pregar, em lutar no SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, pelo "direito" a discriminar os outros?! Que eles poderão argumentar quando ELES forem discriminados? É esse o tipo de amor que Jesus pregou? Esse amor travestido, eu não quero...


quarta-feira, setembro 09, 2009

Entre Homens

Mundo, 1983. Assustada com a incidência de mortes por um tipo raro de câncer, o sarcoma de Kaposi, a população do planeta recebe a notícia do causador de uma nova doença. Denominado vírus da imunodeficiência humana (HIV), um retrovírus, ele ataca as células de defesa do organismo, causando uma síndrome, a Aids, caracterizada pela vulnerabilidade a outras doenças – entre as quais, o sarcoma.

Brasil, 2009. Vinte e seis anos depois que o HIV foi isolado, a Aids tem uma nova cara. Os medicamentenos antirretrovirais (ARVs) tornam o HIV tratável e melhoram consideravelmente a saúde e o tempo de vida dos portadores. A camisinha se tornou a principal estratégia de prevenção à infecção. No entanto, a epidemia, que se espalhou para todos os grupos e países, permanece um desafio. Surgem testes para novos métodos auxiliares de prevenção: circuncisão masculina, géis vaginais. No Brasil, têm início os estudos da iniciativa profilaxia pré-exposição.

Espera aí. Profi... O quê?!

O Espaço Entre Homens, da Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo discute, NO PRÓXIMO DIA 17/09 (quinta-feira), o tema:

Iniciativa profilaxia pré-exposição (iPrEx): tudo que você sempre quis saber, mas não tinha a quem perguntar



Apesar do nome complicado, o iPrEx quer responder uma pergunta simples: será que se pessoas não-portadoras do HIV tomarem antirretrovirais, isso evita ou ajuda a evitar que adquiram o vírus, se tiverem contato com ele? Tomar medicamento antes de um possível contato para prevenir a infecção. É isso que é a "profilaxia pré-exposição" da sigla.

No entanto, para responder essa pergunta, a Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo) precisa de 200 voluntários soronegativos na Grande São Paulo dispostos a tomar o medicamento, com o devido acompanhamento médico!


(1) Qual medicamento?
O medicamento em teste é o Truvada, um composto de dois elementos (200 mg de emtricitabina e 300 mg de tenofovir). Não se assuste com os nomes complicados. O Truvada é um medicamento seguro, já aprovado para o tratamento do HIV nos EUA e na Europa. Testes realizados com macacos comprovam que uma dose diária de Truvada tomada previamente oferece resistência à infecção de um vírus semelhante ao HIV em 100% dos casos! E um outro estudo, feito na África, mostra que o tenofovir não prejudica a saúde de quem o toma.

(2) Quem pode ser voluntário?
Gays e outros homens que fazem sexo com homens (HSHs), travestis e mulheres transexuais (nasceram com órgãos masculinos, mas possuem identidade de gênero feminina) soronegativos.

(3) Por que esse público?
Por um motivo simples. Estudos sobre métodos alternativos ou complementares à camisinha para héteros (homens e mulheres biológicos) já existem aos montes! É o caso dos géis vaginais. Como, para gays, HSHs, travestis e mulheres trans, existem poucas opções disponíveis em estudo, decidiu-se que, no iPrEx, sairíamos na frente.

(4) Ganha alguma coisa?
Além de contribuir com a ciência e com o sonho de um mundo sem Aids, o voluntário recebe compensação com despesa de transporte, aconselhamento e acompanhamento médico, camisinhas e exames de HIV, hepatites B e C e outras DSTs "na faixa". Também haverá encaminhamentos para tratamentos e para vacinação contra a hepatite B.

(5) Os voluntários serão cobaias?
Não. Os estudos clínicos seguem um cronograma rígido, e substâncias só são testadas em seres humanos depois que uma expressiva segurança já foi estabelecida para esse fim em testes de laboratório. Portanto, ninguém vai ser cobaia, não.

Mais dúvidas? Interesse? Medos? Perguntas? Discussões?

Estamos certos que sim. Por isso, venha conversar com a gente no dia 17/09, quando teremos a presença de um representante do iPrEx e de um voluntário que já participa do estudo!

Contamos com sua presença.

Quando?
17/09/2009, quinta-feira, às 19h

Onde?
Praça da República, 386 - Sala 22 - Centro
01045-000 - São Paulo, SP
Tel.: (11) 3362-8266

Quem?
Gays, homens que fazem sexo com homens (bis, héteros, múltis, pans...), travestis, mulheres transexuais e todo mundo que quiser entender e divulgar o iPrEx.

Informações complementares
www.iprex.org.br

Sobre o Entre Homens
Gerenciado por Murilo Sarno, o Espaço Entre Homens é uma iniciativa da Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo que visa a refletir com o público gay, numa roda de conversa livre e espontânea, temas relacionados ao universo gay masculino. Todos são convidados a participar, e a entrada é franca.

Contato para a imprensa:
João Marinho - MTB 42048/SP mailto:jm@joaomarinho.jor.br

segunda-feira, setembro 07, 2009

Jogador Kaká ora em prol da construção do templo da Renascer, e deixa sua imagem ser explorada para amenizar opinião pública

Kaká usa capacete em culto pela reconstrução da Renascer.
Jogador visitou nesta segunda-feira (7) o templo destruído em janeiro.
Ele lançou pedra fundamental de prédio que ficará pronto em 2010.





O jogador Kaká colocou capacete de engenharia civil para participar, nesta segunda-feira (7), da cerimônia de lançamento da pedra fundamental da reconstrução da Igreja Renascer, no Cambuci, destruída por um desabamento em 18 de janeiro deste ano.

Cerca de mil fiéis fizeram fila para tirar fotos segurando o tijolo e a pá de cimento que simbolizam a reconstrução do prédio. A cerimônia ocorreu ao ar livre, em meio às paredes que ainda apresentam sinais do desabamento.

A assessoria da igreja informou que a ainda faltam autorizações oficiais para que a obra seja iniciada. A festa marcou a primeira aparição pública dos bispos Estevam e Sônia Hernandes desde o retorno deles dos Estados Unidos.

Em 18 de janeiro, o telhado da sede caiu, matando nove fiéis e ferindo outras 106 pessoas. Laudo da Polícia Técnico Científica apontou falha de manutenção na estrutura do imóvel, que era a sede internacional da Renascer. Depois da tragédia, a sede funciona provisoriamente na Mooca, na Zona Leste da capital. A assessoria da igreja informa que a manutenção foi feita por pessoas que não seriam ligadas a Renascer.

Os Hernandes estavam detidos nos EUA por condenação de crime de sonegação fiscal. Retornaram 15 dias antes do término do cumprimento da prisão em solo norte-americano, em 1º de agosto. Segundo a assessoria, as autoridades estrangeiras liberam o casal para cuidar do filho de 30 anos, que está internado em estado grave após ter se submetido a uma cirurgia.

A assessoria da igreja informou que o casal não daria entrevistas. O jogador Kaká, que participou no sábado (5) da vitória brasileira sobre a Argentina, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2010, está suspenso do próximo jogo da seleção por conta de mais um cartão amarelo que recebeu na partida em Rosário Central.

No final do culto desta segunda, pessoas que participaram do evento de oração hostilizaram a equipe da TV Globo. Ninguém ficou ferido.


Fonte: Globo.com

Claro que a Igreja Renascer está explorando a imagem do jogador junto à tragédia que ocorreu com intuito de desviar a opinião pública da verdadeira reponsabilidade que ELA E SEUS ADMINISTRADORES tem em relação ao desabamento do teto com morte das vítimas.

Claro que o objetivo não funciona com as autoridades responsáveis, mas, sendo eficiente junto à sociedade é um ganho para a seita, que arrebanhará mais fiéis, afinal, o novo templo tem que ser muito caro, e a obra tem que sair muito custosa, e alguém tem que pagar a conta...

Claro que Kaká está sendo USADO nessa história, sua imagem vinculada à seita e aos bispos, que respondem processo, inclusive no Brasil, é um ganho sem dimensões, tanto para fazer a imagem dos administradores Hernandes como probos, quanto para a logística RENASCER.

E o Kaká? Bem esse se acha como um instrumento da Evangelização criadora... Cada um acha de si mesmo o que quiser!

Igreja promete cura e soropositivo morre

Esta reportagem está sendo debatida na lista de discussões Gospel LGBT, e achei interessantíssima, e oportuno, o momento, para tratá-la aqui:


Após revelação divina, soropositivo abandona tratamento e morre

A sabedoria popular defende que a fé remove até montanhas. No caso do desempregado Gilson de Oliveira Silva, 44 anos, a fé não foi suficiente para livrá-lo dos efeitos do vírus HIV.

Depois de frequentar a Igreja Ministério do Fogo por um ano e ter ouvido uma revelação de que estaria curado, Gilson suspendeu por seis meses o tratamento com coquetéis.Na segunda-feira (31), foi sepultado no Cemitério Quinta dos Lázaros. Segundo Simone Oliveira Silva, irmã de Gilson, ele sofria muito em virtude do HIV e de um câncer que teve na face. "Ele estava desesperado. A fé nessas revelações cegaram meu irmão", afirma Simone, que ainda quer detalhes sobre o que teria levado Gilson a abandonar os medicamentos.Ela contou que foi agredida pelos membros da igreja e pela própria pastora e promete levar o caso à Justiça.

A sede da Igreja Ministério do Fogo fica numa transversal da Avenida Jorge Amado, no Imbuí. A casa, sem identificação, estava fechada na manhã de segunda-feira (31).Vizinhos que não quiseram se identificar disseram que a igreja é uma chaga no local. Uma senhora garantiu que a líder religiosa manipula os fiéis. "Se uma mulher é casada e o marido não vai ao culto, ela inventa histórias pra a pessoa ficar impressionada até arranjar outro", contou.Uma moradora da rua onde está a igreja afirma que o local é sempre palco de confusões e muito barulho. "Eles enganam as pessoas dizendo que são de Cristo. Fizeram a maior confusão quando a família do rapaz (Gilson) chegou", diz a moradora, garantindo que não é a primeira vez que a pastora faz promessas de cura.

Segundo o criminalista Sérgio Reis, abusos de pessoas que se dizem agentes da fé ou enviados de Deus podem ser denunciados à polícia e ao Ministério Público, pois tais cultos geram prejuízos à comunidade. "Nesse caso específico, enquanto acreditava estar curado, o rapaz pode ter até transmitido o vírus para outras pessoas. É preciso que em situações assim haja a interferência dos poderes públicos", defende.Gilson recebia os coquetéis contra o HIV no Hospital das Clínicas. O infectologista Eduardo Martins Neto não confirmou se ele deixou de pegar os medicamentos, mas contou que os pacientes são orientados sobre a necessidade de manter o tratamento. "Algumas vezes, fazemos contato com pacientes faltosos, mas não há como controlar toda a demanda", disse.

Fonte: http://cenag.terra.com.br/noticias_ler.php?id=NzE2

domingo, setembro 06, 2009

Casamento gay

Casamento gay reúne famosos em Pernambuco; casal oficializou união que já dura mais de dez anos no Recife. A festa foi animada pela cantora Rita Lee



Os arquitetos pernambucanos Turíbio Santos e Zezinho Santos oficializaram a união homossexual em uma cerimônia religiosa, realizada na Coudelaria Souza Leão, no Recife, nesta sexta-feira (4). Eles estão juntos há mais de dez anos. O casal recebeu cerca de 500 convidados, entre celebridades e artistas. Após dizerem o 'sim', a festa foi animada pela cantora Rita Lee (Foto: Tom Cabral/JC Imagem/AE)
Fonte: Globo.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...