Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2009

Cânticos e orações

TJ/MG determina que igreja cesse barulho
A 13ª câmara cível do TJ/MG determinou à Igreja Universal do Reino de Deus, sede de Ponte Nova, Zona da Mata mineira, que não perturbe o sossego alheio com ruídos ou sons excessivos em níveis sonoros superiores a 70 decibéis durante o dia e 60 decibéis durante a noite, sob pena de multa no valor de R$ 1 mil por cada descumprimento. A ação foi movida por um empresário que reside nas proximidades da igreja, no bairro Palmeiras. Segundo ele, a rua em que reside era tranquila até que, há pouco mais de um ano, foi instalada uma unidade da Igreja Universal do Reino de Deus. O morador afirma que ali acontecem, diariamente, a partir das 7 horas, em horários variados, cultos e pregações "com gritarias, toques de instrumentos musicais, cânticos e orações difundidos por meios mecânicos que, sem nenhum isolamento acústico, produzem sons indesejáveis, desagradáveis e perturbadores." Ainda segundo o empresário, aos sábados e domingos, tornou-se impo…

Divulgação: Livro- CRISTIANISMO E HOMOSSEXUALIDADE

Sociólogo lança livro sobre Cristianismo e Homossexualidade Foi lançado esta última sexta (24) pelo site da editora Protexto, de Curitiba, o livro Cristianismo e Homossexualidade, do sociólogo Bruno de Oliveira Lima. Na obra o autor apresenta interpretações das Escrituras Sagradas sobre a homossexualidade. Bruno Lima é o fundador da Comunidade Crist㣠Nova Esperança - Nordeste (CCNE - Nordeste), a primeira Igreja Inclusiva da região Nordeste. Aberta ao público GLBTTT, a CCNE prega a Teologia Inclusiva, que defende a aceitação dos homossexuais pelo cristianismo. Bruno foi pastor da Igreja Cristã até abril de 2008, quando se afastou para se dedicar à s atividades do livro. Com uma linguagem didática, o autor mostra o surgimento das Igrejas Inclusivas, perguntas e repostas sobre o fenômeno da homossexualidade, além de testemunhos de homossexuais cristãos. O livro está¡ sendo vendido no site da editora Protexto, ou através do hot site www.cristianismoehomossexualidade.xpg.com.br ao preço de…

Gay é agredido por dez skinheads na rua Augusta

Gay é agredido por dez skinheads na rua Augusta
Por Marcelo Hailer 6/7/2009 - 21:00

Na madrugada do último dia 27/06 mais um ataque homofóbico patrocinado por skinheads aconteceu na rua Augusta, em São Paulo. A vítima é o jovem estilista Hugo, 28, que estava com o seus amigos no Bar do Neto - próximo ao Clube Vegas - tomando cerveja. "Encontrei algumas amigas e depois fomos para outro bar", relembra.

Minutos mais tarde, Hugo pegou o carro e, nesse momento, deparou-se com os carecas. "Eu estava na calçada, um deles disse que era para eu sair e ir pela rua", conta. O moço chegou a mudar de direção, mas não adiantou. "Eu nem vi da onde veio, de repente levei um chute no meio da cara", relata.

Hugo foi agredido por cerca de dez pessoas e teve o seu nariz quebrado. "Eu vou tirar o gesso hoje", diz o rapaz, que revela ter sido pego de surpresa. "Minhas amigas viram que eles usavam coturno, boina e camiseta branca, mas eu não vi nada".

Ind…

Procuradoria Geral da União e a ação para reconhecer união entre pessoas do mesmo sexo

Deborah Duprat ofereceu hoje arguição de descumprimento de preceito fundamental (ADPF) ao Supremo Tribunal Federal
A procuradora-geral da República, Deborah Duprat, propôs no dia 2 de julho, ao Supremo Tribunal Federal (STF) arguição de descumprimento de preceito fundamental (ADPF 178), com pedido de liminar e de audiência pública, para reconhecimento da união entre pessoas do mesmo sexo e que sejam dadas a elas os mesmos direitos e deveres dos companheiros em uniões estáveis. A ADPF foi proposta com base em representação do Grupo de Trabalho de Direitos Sexuais e Reprodutivos da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão. Apesar de já haver uma arguição (ADPF 132) sobre o mesmo tema, proposta pelo estado do Rio de Janeiro, foi oferecida nova ação em virtude do parecer da Advocacia Geral da União, no sentido de que os efeitos da ADPF 132 estariam restritos àquele estado. Para não correr tal risco, a procuradora-geral propôs esta nova arguição. “O indivíduo heterossexual tem plena condi…

Seleção Brasileira sofre críticas por fervor religioso

Imagem
As cenas de fervor religioso exibidas pela seleção brasileira depois da conquista da Copa das Confederações ainda repercutem no mundo. Ao ver os jogadores brasileiros ajoelhados rezando no meio do gramado, comandados pelo zagueiro Lucio, um narrador da rede britânica BBC observou que o capitão da seleção “parecia um pregador evangélico pela emoção com que proferia cada palavra”. Em texto publicado em seu blog, no site da BBC, o jornalista Ricardo Acampora escreveu: “Num lugar como a Grã-Bretanha, onde o povo está acostumado a conviver respeitosamente com diferentes religiões, surpreende o fato de atletas usarem a combinação entre um veículo de grande penetração como a televisão e a enorme capacidade de marketing da seleção brasileira, para divulgar mensagens ligadas a crenças, seitas ou religiões.” E disse ainda: “Se arriscam a serem confundidos com emissários de pregadores dispostos a aumentar o número de ovelhas de seus rebanhos às custas do escrete canarinho, como emissários evangélic…

SP: Parada Gay na Paulista

Algumas coisas são muito complexas, principalmente, quando nelas há inversões de valores, com a proposta de se defender os mesmos. Assim, a sociedade se ergue em seus preconceitos; defendendo a dignidade, inverteu-a, focalizando na família, nos costumes e fez, de tanta gente, pessoas indignas e infelizes. Para defender a família, inverteu novamente o conceito, focalizou no homem e denegriu a mulher, subjugando-a, escravizando-a.
Obviamente, que o promotor de justiça, em São Paulo, quer defender as pessoas, pensa na paz social, e focalizando nas manifestações, deseja limitá-las. Muito embora, reconheça que tais são funções de um Estado Democrático de Direito. Gostaria, então, de acompanhar ao excelentíssimo promotor, em sua tarefa de custus legis, afinal, tal tarefa responde ao princípio da oficiosidade, e é de interesse público notório.
Hoje pensa-se que 3 milhões de pessoas na Avenida Paulista é perigoso, o Estado não tem aparato suficiente para garantir a ordem pública e o bem-estar, …
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...